sexta-feira, 27 de abril de 2012

Repórter e cinegrafista morrem em acidente de trânsito


Um caminhão desgovernado atingiu seis carros. Imprudência irresponsabilidade seguem matando!
O fim de semana do Dia do Trabalhador começou tristes para os jornalistas com a notícia de que dois integrantes da equipe de jornalismo da Rede Bandeirantes de televisão morreram, na manhã desta sexta-feira, num acidente de trânsito ocorrido na região serrana do Rio Grande do Sul. O repórter Enildo Paulo Pereira, o Paulão, de 59 anos, e o jovem cinegrafista Ezequiel Barbosa, de 27 (foto) , foram vítimas de uma colisão envolvendo um caminhão e vários automóveis.
O acidente ocorreu por volta de 6 horas no Km 47 da RS-122, em Farroupilha. O local é conhecido como “curva da morte”. De acordo com o Comando Rodoviário da Polícia Militar, um caminhão desgovernado transportando uma carga de laranjas atingiu três carros de reportagem – das redes Band, RBS e Record –, além de três veículos da Polícia Civil, que seguiam para uma operação policial. Paulão era repórter da edição gaúcha do Brasil Urgente e contava com décadas de experiência no jornalismo policial. Ezequiel era um de seus principais parceiros de cobertura. Um carro do SBT, que também estava no comboio, conseguiu escapar do acidente. Outras sete pessoas ficaram feridas, mas sem gravidade.
O condutor do caminhão foi submetido ao teste do bafômetro, mas não foi constatado uso de bebidas alcoólicas. De acordo com o homem, ele teria perdido o freio e, por conta disso, o controle do caminhão. Testemunhas contaram que o veículo vinha invadindo a pista contrária ao longo da viagem. Segundo reportagem da Rede Bandeirantes, a polícia encontrou com o caminhoneiro dois comprimidos, que foram levados para análise. A suspeita é que sejam remédios conhecidos como “rebites”, usados para conter o sono.
A pista está totalmente interditada e os veículos ainda estão no local aguardando a perícia. A Polícia Rodoviária sugere aos motoristas que vem de Porto Alegre que peguem o viaduto do km 40, na rodovia 122, para acessar a via São Vendelino sentido Casas Barbosa. Já para quem sai de Caxias, a sugestão dos é, em vez de acessar a RS-122 na altura do km 61, seguir em frente na RS-453 em direção a cidade de Garibaldi.
Em nota, a Band se disse “consternada” pela morte e “as circunstâncias trágicas do acidente”. “A Band solidariza-se com as famílias e presta toda a assistência necessária” informou a emissora.
Informações site Hnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário